Em um ano, TV Cultura perde quase um quarto da audiência

Em apenas um ano, o ibope da TV Cultura encolheu 23%. Entre 2010 e 2011 a audiência da emissora caiu de 1,2 ponto para 0,9 ponto. Parece pouco, mas é relevante diante da já pequena audiência do canal público, outrora considerado o melhor do país. Se a emissora perder mais 4 décimos de ibope, por exemplo, cairá para o nível chamado “traço” de audiência (de 0,5 para baixo). A queda atinge seis meses da nova gestão de João Sayad, com uma política de demissões e/ou extinção de várias atrações. A emissora rebate e diz que, desde julho “vem crescendo de forma sustentada” (leia mais abaixo).

E pensar que quase chegou lá…
Curiosamente, 2010 foi o último ano em que a Cultura chegou a ameaçar a quinta posição no ranking, ocupada pela RedeTV! normalmente. Não tanto porque a Cultura estava abafando, por cima da cocada preta, dando as cartas, se achando a última jujuba do pacote etc, mas, principalmente, porque a RedeTV! passou a definhar. Em 2010, vários programas da Cultura ciscavam a audiência da RedeTV! e até de outras emissoras, em determinadas faixas horárias, não raro deixando o canal em terceiro lugar no ibope. Isso ocorria principalmente de manhã. No ano passado, porém, o horário matinal da Cultura (7h às 12h) perdeu 26% de ibope.

Inezita, o baluarte dacasa
Além da animação suíça “Pingu”, que chegou a dar picos de quatro pontos de ibope, o único sucesso da Cultura continua sendo o veterano “Viola Minha Viola”. O programa musical e folclórico da diva Inezita Barroso não raro atinge três pontos de média. O resto da programação oscila entre menos de 0,5 e 1,5 ponto.

Outro Lado

Procurada para comentar a respeito das informações acima, a TV Cultura, por meio de sua assessoria, informou que:

“A TV Cultura, na atual gestão iniciada em junho de 2010, vem “atualizando” atrações existentes e criando vários novos programas, para os diversos públicos. E os resultados já começam a aparecer, muito embora seja necessário um tempo para que os telespectadores assimilem uma nova programação e reajam a ela (positiva ou negativamente). Em abril passado, a TV Cultura fez um lançamento recorde de novidades e o público dá sinais positivos. Desde julho passado, a emissora vem crescendo de forma sustentada (pouco mais de 30% no período), contínua, e positiva frente aos mesmos meses de 2010. E em termos de share, a evolução é ainda mais forte: 1,7% em julho para 2,9% em dezembro, sem retroceder um mês sequer, mostrando que há espaço, sim, para uma programação diferenciada e de qualidade. Vale ressaltar ainda que a TV Cultura ficou, em dezembro de 2011, 19 vezes em 5º lugar no ranking das principais emissoras abertas da Grande São Paulo, no período das 7h à meia-noite.”

Fonte: Ricardo Feltrin

Postado por Cleberson

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s