André Vasco diz que realizaria um sonho caso apresentasse o “Programa Livre”

Nesta segunda (16), após o sucesso do programa “Qual é o Seu Talento?”, proibido pela Justiça de ganhar nova temporada por plágio, o SBT estreia o programa “Astros: Nova Geração”, apresentado por André Vasco, que concedeu entrevista exclusiva ao portal NaTelinha.

André Vasco tem 25 anos e começou na televisão pela MTV, onde foi VJ e apresentador. Em 2007, foi repórter do “Viva a Noite” no SBT e depois participou do projeto de verão na Band.

Em 2009, assinou contrato com a emissora de Silvio Santos para comandar o “QST?”, onde permaneceu até então.

Na entrevista, André Vasco fala sobre o programa da talentos, porém preferiu não comentar sobre a acusação de plágio do formato “Got Talent”, da Fremantle Media. “Essa parte judicial, deixo com os advogados”, brincou. Ele também foi questionado sobre uma possível sondagem da Record, que adquiriu o programa junto à produtora.

Divulgação/SBT

O apresentador também fez um balanço sobre sua carreira e comentou sobre estar sendo cogitado para apresentar o “Programa Livre”, que deverá ser retomado neste ano pelo SBT.

Confira:

NaTelinha: Você apresenta, desde 2009, o “Qual é o Seu Talento?” no SBT. Qual é o saldo que tem destes dois anos e meio a frente do programa?

André Vasco: Saldo super positivo, pois entrei sem tanto destaque, e hoje não só faço parte, apresento como participo intensamente do programa. Terei sempre muito carinho pelo QST, pois foi ele que me lançou no SBT. Foi nele que tive a oportunidade de mostrar meu talento.

NT: De todas as quatro temporadas, qual artista que se apresentou no palco mais te surpreendeu?

AV: A cada programa é uma surpresa nova. São tantos…

NT: O “QST?” chegou ao fim na quarta temporada com uma acusação de plágio movido pela Fremantle Media, que comercializou o formato “Got Talent” à Record. O que você acha da decisão tomada pela Justiça?

AV: Sou apresentador. Quero levar o melhor do entretenimento para a casa das pessoas. Essa parte judicial, deixo com os advogados! (risos)

NT: Recentemente, o diretor do programa, Ricardo Mantoanelli, revelou que o “QST?” pode sim voltar em maio, porém com um novo formato. Você acredita nessa possibilidade? E como seria ou gostaria que fosse?

AV: Aprendi que devemos viver cada fase de uma vez. Devemos ter planejamento sim, mas como gosto de entrar de cabeça no que faço, vou tentar fazer do Astros o melhor programa de oportunidades da TV.

NT: Com a compra do “Got Talent” pela Record, você chegou a ser sondado para trocar de emissora e fazer o mesmo tipo de programa por lá?

AV: Não gosto de falar desse tipo de especulações.

NT: Você começou sua carreira na MTV, um canal de alcance com o público jovem mas com transmissão limitada. Também passou pela Band antes de chegar ao SBT, onde se consagrou. Como você vê a sua trajetória? Como sente a repercussão e a resposta do público ao seu trabalho?

AV: Me sinto lisonjeado de ter tido oportunidade em todos os lugares que passei. Cada um tem sua contribuição na minha formação como apresentador. Estou sempre tentando evoluir e melhorar. Acredito que nunca estamos prontos.

NT: No decorrer desse período no SBT, você chegou a substituir Eliana em sua licença-maternidade durante duas edições e participou do “Teleton”. Como foram estas experiências?

AV: Importantíssimas! Tanto profissional quanto pessoalmente. Estar ao lado de pessoas que estão na TV há tanto tempo, dividindo o palco e o respeito delas é um reconhecimento.

NT: Almeja um dia ter um programa aberto, sem que seja segmentado para um determinado nicho, como o da música?

AV: Amo o meu trabalho, amo falar com o povo. Não quero ser celebridade, famoso. Quero ser um comunicador! Quero falar com o povo, entreter, informar, divertir. Se é com música ou não, a vida nos dirá.

NT: O SBT planeja retomar em 2012 o “Programa Livre”, que fez sucesso no canal sob comando de Serginho Groisman na década de 90, e você é um dos cotados para apresentar a atração. O que acha do seu nome estar sendo estudado? Gostaria de apresentar o programa?

AV: Amo o formato e seria uma honra. Se isso acontecer mesmo, pode ter certeza que estarei realizando um grande sonho.

NT: As primeiras temporadas do “Astros” substituíram o “Ídolos” em 2008 e posteriormente cederam espaço para o “Qual é o Seu Talento?” no SBT. Acredita que ainda há o que se explorar neste campo?

AV: Sempre! Existem muitos talentos perdidos, injustiçados e a procura de oportunidade. O Brasil é imenso, e ainda tem mutio o que se descobrir.

NT: O que o telespectador pode esperar do “Astros: Nova Geração”, que estreia nesta segunda (16), às 22h30?

AV: Pode esperar muita diversão, emoção, surpresa e entretenimento. No que depender de mim, dos jurados, da equipe e dos candidatos, será de “arrebentar a boca do balão”, como diria minha avó.

Retirado do Portal Natelinha

Postado por Cleberson

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s