Bial silencia sobre possível estupro no BBB 12

Apresentador do programa de TV BBB 12, o jornalista Pedro Bial não teceu qualquer comentário sobre a acusação de estupro que pesa sobre o integrante recém-eliminado da casa em que se mantinha em confinamento. Na noite desta segunda-feira, o modelo Daniel foi descartado pela produção e o apresentador apenas leu a nota oficial divulgada minutos antes pela emissora, que dizia que o participante teve “um grave comportamento inadequado”.

“O BBB avaliou o comportamento do participante, com o máximo cuidado, que evidenciariam uma infração”, disse Bial, sem mencionar o possível estupro a que Monique, outra integrante do reality show, teria sido submetida. Embora o apresentador tenha dito que a questão era alvo de análise por parte da produção, no programa da noite passada o caso descrito por Bial como mais um romance entre os integrantes do elenco.

– O amor é lindo – disse o apresentador, na abertura do programa.

Monique e Daniel chegaram a ser interrogados, de forma extrajudicial, por uma equipe da Polícia Civil que foi ao local colher informações sobre o possível estupro.

Durante parte do dia, nesta segunda-feira, o áudio do programa em pay-per-view foi cortado e não era possível saber o que os outros participantes comentavam sobre o ocorrido.

A polêmica em que Daniel e Monique se envolveram teve início na madrugada de domingo, após uma festa na casa do BBB. No quarto, os dois protagonizaram cenas quentes embaixo do edredom, na mesma cama em que estava Rafa. Após alguns minutos Fael chega no quarto para se deitar em outra cama e os dois param de se beijar. Em seguida, uma cena rápida mostra Daniel se mexendo embaixo do edredom e Monique aparentemente dormindo. Em seguida a cena é cortada.

A sequência causou um alvoroço na opinião pública e se transformou em um dos principais temas nas redes sociais. Algumas das acusações populares contra o modelo sugeriam um caso de abuso sexual e estupro. Já os defensores do integrante diziam que a acusação era racista por Daniel ser negro.

No domingo Monique foi chamada ao confessionário para prestar esclarecimentos, mas ela afirmou que havia apenas beijado Daniel e trocado carícias, mas que não havia feito sexo, nem se lembrava exatamente de tudo o que ocorrera entre os dois. Em conversa com Daniel, ambos foram categóricos ao afirmar que não fizeram sexo na casa. Em outras conversas ao longo do dia tanto Monique quanto Daniel demonstraram arrependimento.

O programa da noite passada, que formou o primeiro paredão da casa entre Jakeline e Analice, ainda exibiu cenas da festa e a troca de carícias entre Daniel e Monique. Entretanto, a edição não exibiu o trecho mais polêmico, quando Daniel se mexe com Monique aparentemente dormindo. O apresentador Pedro Bial ainda brincou com os dois sobre as cenas mas o programa não citou a polêmica.

Nesta segunda-feira, a polêmica voltou e uma diligência policial foi até a casa do BBB. No local, de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio, o delegado titular da 32ª DP, situada em Taquara, Zona Oeste da cidade, Antonio Ricardo, abriu um registro de ocorrência para ouvir os envolvidos.

O caso tomou um vulto ainda maior quando a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes, encaminhou um ofício ao Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro pedindo “providências” contra um suposto estupro programa.

Fonte: Correio do Brasil

Postado por Cleberson

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s